A selecção portuguesa no Mundial 2006: o primeiro dia de estágio

08:00 h – Alvorada;
08:30 h – Nuno Gomes começa a secar o cabelo;
08:35 h – Nuno Valente dá entrada no departamento médico, após alegadamente ter sido vítima de uma entrada violenta do seu colega de quarto, Petit, enquanto dormia;
09:00 h – Pequeno-almoço;
09:01 h – Nuno Gomes começa a chegar gel ao cabelo;
09:10 h – Figo levanta-se;
09:11 h – Cristiano Ronaldo dá entrada no hotel após uma noitada bem passada;

09:12 h – Ricardo Costa grita bem alto: “Como é possível eu estar aqui?” e abraça-se, eufórico, à pessoa mais próxima;
09:13 h – Ricardo é sodomizado por um empregado do hotel após este ter ficado excitado com a sua voz sexy;
09:14 h – Miguel agride de forma selvática os jornalistas que o tentavam fotografar enquanto comia;
09:15 h – Costinha consegue finalmente ter capacidade físico-motora para se erguer da cama;
09:16 h – Maniche pesa-se e atira a balança com força contra a parede, depois de perceber que continua a pesar mais do que o Fernando Mendes;
09:20 h – Chegam ao hotel os dois camiões de queijos açorianos encomendados por Pauleta;
09:30 h – Nuno Gomes acaba de chegar o gel ao cabelo e dirige-se para a sala de maquilhagem;
09:45 h – Scolari acorda;
10:00 h – Deco inicia o seu tratamento contra as borbulhas;
10:01 h – Simão chora, queixando-se de que Hélder Postiga lhe terá comido o pão com manteiga;
10:02 h – Caneira dá entrada no departamento médico, após ter sido vítima de uma entrada dura de Petit durante o pequeno-almoço;
10:10 h – Quim agride um empregado de mesa, depois de este lhe ter dito que era holandês;
10:30 h – Início do treino;
10:45 h – Figo e Cristiano Ronaldo entram no estúdio para gravarem um spot publicitário para um banco;
10:50 h – Nuno Gomes está finalmente pronto para entrar no treino;
11:00 h – Costinha inicia o pequeno-almoço;
11:01 h – Treino interrompido para prestar assistência médica a Luís Boa Morte, que foi vítima de uma entrada dura de Petit;
12:30 h – Fim do treino;
12:31 h – Costinha está pronto a iniciar o treino;
12:36 h – Banho;
12:40 h – Simão chora copiosamente porque Tiago não lhe emprestou o champô;
13:00 h – Almoço;
13:35 h – Figo e Cristiano Ronaldo juntam-se aos seus companheiros;
13:40 h – Scolari levanta-se da cama pronto a iniciar mais um dia de extenuante trabalho;
14:00 h – Costinha chega, visivelmente cansado, ao local onde decorre o almoço;
16:00 h – Rodada de “sueca”;
16:10 h – Costinha dá entrada no departamento médico, após ter-se lesionado com a caneta enquanto apontava os resultados da “sueca”;
16:30 h – Scolari reúne-se com a sua equipa técnica para delinear a estratégia para o primeiro jogo do Mundial;
16:32 h – Scolari inicia um jogo de “Monopólio” com a sua equipa técnica. A regra é bem simples: quem ganhar tem direito a escolher um jogador para o onze português que vai iniciar o Mundial;
17:00 h – Inicia-se o treino da tarde;
17:05 h – Figo e Cristiano Ronaldo iniciam as filmagens de um anúncio publicitário para uma bebida gaseificada;
17:10 h – Simão chora copiosamente porque Hugo Viana não lhe passou a bola;
19:00 h – Fim do treino;
20:00 h – Depois de uma extenuante tarde de “Monopólio”, estão já escolhidos dez dos jogadores que vão alinhar de início no primeiro jogo do Mundial;
20:30 h – Início do jantar;
20:31 h – Costinha dá entrada no departamento médico, após ter-se lesionado com o garfo enquanto comia;
20:32 h – Scolari vence o 11.º jogo de “Monopólio” e tem por isso direito a escolher o último jogador do onze inicial; o brasileiro escolhe, eufórico, Quaresma; quando os seus adjuntos lhe dizem que Quaresma não pode ser escolhido porque não foi convocado, o treinador brasileiro perde as estribeiras e grita: “pôxa vida, cara! É sempre assim: quando eu ganho nunca há o prémio que eu quero. Vocês, portugas, não sabem perder, cara!”;
21:00 h – Bilharada no salão de jogos do hotel;
21:10 h – Simão chora porque Deco ficou com o taco maior e mais brilhante;
21:30 h – Pauleta acaba de comer o seu 37.º queijo açoriano de sobremesa;
22:00 h – Scolari diz estar extenuado e recolhe aos seus aposentos;
23:00 h – É dada ordem de recolher aos quartos;
23:05 h – Simão chora porque queria ficar com a cama do lado esquerdo do quarto;
00:00 h – Cristiano Ronaldo está pronto para sair;
00:02 h – Costinha acorda o departamento médico da selecção para ser assistido após ter-se lesionado ao mudar de posição enquanto dormia;
00:30 h – Merche Romero chega à entrada do Hotel e buzina bem alto; Cristiano Ronaldo ouve a buzina e sai;
01:00 h – Ricardo Costa grita bem alto durante o sono: “Como é possível eu estar aqui?” e abraça-se, eufórico, à pessoa mais próxima;
07:59 h – Merche Romero deixa Cristiano Ronaldo na entrada do hotel;
08:00 h – Alvorada
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s